U1

U1 BOOK TRAILER

LEIA AQUI MESMO NO BLOG, E AGORA, AS PRIMEIRAS PÁGINAS DO LIVRO (U1) UNIVERSO 1:

BLOG DE RECIFE — PERNAMBUCO — BRASIL

BLOG DE RECIFE — PERNAMBUCO — BRASIL

Postagem em destaque

A HISTÓRIA DAS MÁQUINAS DE MOVIMENTO PERPÉTUO (LINKS INTERESSANTÍSSIMOS)

VARIAÇÃO DA RODA DESEQUILIBRADA GIF ENCONTRADO NO SITE: http://www.e-farsas.com/video-mostra-maquinas-que-nao-gastam-energia-mot...

quinta-feira, 31 de março de 2011

CURIOSIDADES: A ARMA ACÚSTICA LRAD.

ARMA ACÚSTICA DE LONGA DISTÂNCIA QUE PODE MATAR.

ARMA ACÚSTICA DE LONGA DISTÂNCIA - USADA PARA DISPERSAR MANISFESTANTES, CAUSA DORES INSUPORTAVEIS AO OUVIDO HUMANO E QUE PODE MATAR.

A América Technology Corporation desenvolveu o LRAD após o ataque ao USS Cole em 2000. Sua finalidade original era ajudar a reforçar as zonas de segurança em volta dos navios militares dos Estados Unidos. Usando os ajustes padrão do LRAD, a tripulação de um navio pode alertar uma embarcação que está se aproximando de um navio militar e que tem de mudar seu curso. Esta mensagem pode chegar a 120 dB, portanto, é forte e clara e, geralmente, não é dolorosa. Mas, se a embarcação não mudar seu curso, a tripulação do navio pode ultrapassar os ajustes iniciais do LRAD. Então, ele pode passar a emitir um ruído bem alto, irritante e potencialmente doloroso de até 151 dB. Em condições ideais, a embarcação deve sair da área sem que o navio precise usar sua força mortífera.
A polícia e as unidades militares baseadas em terra encontraram utilidade para o LRAD. Usando os mesmos princípios, as autoridades podem dar avisos e instruções que sejam audíveis a um grande número de pessoas distantes até 300 metros. A polícia e outros funcionários que não são militares também usam uma versão menor do LRAD, chamada de MRAD ou de LRAD500.

No entanto, grupos de direitos humanos e especialistas em audição estão preocupados com o uso do LRAD. De acordo com o Instituto Nacional sobre Surdez e Outros Distúrbios de Comunicação, qualquer som acima de 90 dB pode danificar a audição de uma pessoa. Portanto, o LRAD pode ameaçar a audição de qualquer pessoa em seu caminho, independentemente se houve um descuido, mesmo quando usado apenas para comunicação.

Como as armas de choque, gás lacrimogêneo e munições menos letais, o LRAD pode ser usado no controle de multidões e outras situações como uma arma não letal. As armas não letais podem ser, de certa forma, controversas. Grupos de direitos humanos reforçam que mesmo sendo menos letais, elas ainda são armas e têm provocado mortes em algumas ocasiões.
Finalmente, as pessoas têm questionado sobre a eficácia do LRAD, uma vez que o uso de fones de ouvido protetores pode ser inútil.

REDEMUNDIAL

OBS: NO VÍDEO PEDE-SE PARA ASSISTI-LO EM VOLUME BAIXO.

video

MATÉRIA COLETADA DO SITE: http://luzdaverdade.webnode.com.br/news/arma%20acustica%20de%20longa%20dist%C3%A2ncia%20que%20pode%20matar/

VÍDEO DO YOUTUBE NO LINK: http://www.youtube.com/watch?v=4E5pY89VhWk&feature=related




sábado, 26 de março de 2011

MISTÉRIOS DO MUNDO: TAOS HUM, O SOM DA MORTE.

O FENÔMENO "TAOS HUM"

"Em nosso mundo ocorrem fenômenos desconhecidos, que por mais que sejam pesquisados, não conseguem ser explicados. Esses são fenômenos "Além a Imaginação". O que será descrito a seguir, é um deles."

“The Hum”:

Segundo a Wikipédia (traduzido do original em inglês):


“O zumbido é um nome genérico para uma série de fenômenos que envolvem um persistente e contínuo som de baixa freqüência; zumbido, ruído sonoro, e não à todas as pessoas. Hum's foram reportados em várias localizações geográficas. Em alguns casos, uma fonte foi localizada.

Um bem conhecido caso foi relatado em Taos, Novo México (EUA), e, portanto, o zumbido é muitas vezes chamado a Taos Hum. Hum's têm sido notificados em todo o mundo, especialmente na Europa. Existe esse tipo de ruído sobre a grande ilha do Hawaii, normalmente relacionados com a ação vulcânica, típica da ilha, é ouvida em localidades dezenas de quilômetros de distância.

No local, com muitas mulheres Havaianas, a maior parte das vezes o ruído é somente ouvido por homens. O "Hum" é descrito na maior parte das vezes, como um soar distante do tipo de um motor à diesel com rotação bem baixa. Tipicamente o "Hum" é difícil de detectar com microfones e equipamentos de medição, e sua origem e natureza são também de localizar.”

No mundo todo em geral, é muito normal se ouvir um zumbido. Isso pode ser causado pela agressão ao ouvido após um barulho muito alto como uma explosão, o uso de algum medicamento ou através do som produzido por algum equipamento eletro-mecânico.

Normalmente o zumbido é limitado em uma pequena área e apenas naquelas pessoas que estavam presentes juntos aos eventos mencionados.

Mas e se 2% da população de alguma de algum local ou cidade ouvissem um zumbido sem motivo aparente, onde o mesmo se iniciasse e terminasse sempre nos mesmos horários?
E se esse zumbido fosse tão chato que atrapalhasse a vida de algumas dessas pessoas impedindo até que tenham uma noite de sono tranqüila, e mesmo em alguns casos, as levassem até o suicídio?

Então esse zumbido seria classificado como o "Taos Hum".O "Taos Hum" é um som de baixa freqüência, ouvido em lugares ermos de várias partes do mundo, principalmente nos Estados Unidos da América, no Reino Unido e em países do norte da Europa.

Ele é indetectável ao microfone e à equipamentos eletrônicos dedicados à captação de ruídos.

Sua fonte é um mistério, e ninguém sabe de onde vem.

Forma de Onda típica de como seria o "Taos Hum"




Exemplos de Formas de Onda de Baixa Frequência













O Osciloscópio é um dos equipamentos que pode ser utilizado para análise de sinais de várias frequências


O porque do nome?

Uma das cidades mais antigas do México, hoje pertencente aos Estados Unidos, se chama Taos (Coordenadas: 36°24'27.90"N, 105°34'23.73"O), localizada no Estado do Novo México (EUA).

A oficialização da cidade de Taos se deu no ano de 1540, mas sua origem real se perde no tempo.
Taos é uma cidade mística. Lar do povo indígena Tiwa, essa cidade é ponto de encontro de Xamãs do mundo todo que se reúnem em congressos periódicos.

Em 1991, o fenômeno do zumbido de Taos (Taos Hum) foi exposto ao mundo.
A imprensa na época apelidou aquele estranho zumbido, o qual muitas pessoas diziam que ouviam, de Taos Hum (zumbido de Taos).

Eles descrevem-no como um ruído de baixa freqüência semelhante ao som de um motor a diesel bem distante.
O fenômeno era tão freqüente e incômodo para as pessoas, que a Universidade do Novo México realizou uma pesquisa para tentar detectar a fonte do “Taos Hum”.
Vários laboratórios e cientistas se engajaram na missão de tentar encontrar a origem do zumbido, mas apenas conseguiram descartar possibilidades e não chegaram a nenhuma conclusão.

Em seus estudos, constactaram que 2% da população da cidade era afetada pelo zumbido.
Os Hummer’s, como foram chamados os afetados, fizeram exames médicos e quase todos, se não a maioria, não sofria de problemas auditivos.
Quando se achava que era um fenômeno limitado à cidade, eis que relatos aparecem em diversas regiões do planeta.
Locais como Suécia, Inglaterra e outros países Europeus, inclusive Japão, relataram problema semelhante.
Após estudos realizados, algumas teorias foram elaboradas sobre o fenômeno, tais como:

1. Transmissão de dados via rádio;

Não foi confirmado, mas suspeita-se que, no Centro de pesquisa naval no Novo México, utilizam equipamentos para se comunicar com submarinos militares através de “ondas de freqüência ultra longas” transmitidas através do solo, o que poderia ocasionar o problema;

2. Rede Elétrica:

Alguns acreditam que a origem esteja nas fiações elétricas, encanamentos e torres de empresas de celular.
O fato não foi muito levado em consideração por que se essa fosse a causa, provavelmente haveriam muitos mais relatos pelo mundo e não apenas locais limitados.

3. Aliens:

Todos sabem que o novo México foi palco de visitas e até de acidentes com naves alienígenas, conforme divulgado pela imprensa em diversas épocas.
Acredita-se que existam bases militares (inclusive a Área 51) onde dizem que alienígenas trabalham com humanos em troca de informações.
Dizem que, para facilitar o transporte de equipamentos e até o deslocamento dos Alien’s de forma segura, constantemente são escavados supertúneis abaixo do solo com grandes máquinas escavadeiras.
Alguns imaginam que essas escavações produzem o “Taos Hum”.

4. Naves Alienígenas:

Outra possibilidade discutida, é de que o ruído também poderia ser gerado através de motores de naves alienígenas, os quais seriam baseados em sistemas de propulsão antigravitacional com antimatéria, produzindo um som de baixa freqüência.

5. Abduções:

Outra teoria gerada, é de que os Hummer’s seriam pessoas que já foram abduzidas por Alien’s, e o implante colocado em seus cérebros durante a abdução, causaria essa sensação de desconforto quando acessados pelos alienígenas através de suas bases.

6. Teste de armas secretas:

Em 1970 a cidade de Medford, Oregon, era considerada a cidade do suicídio noturno.
O Dr. Fraser, professor da Universidade da Carolina do Norte, ficou encarregado de investigar a causa do excesso de suicidas na região. Checou a água, o ar, o solo e diversas possibilidades adicionais e não encontrou nenhuma explicação para o suicídio em massa.
Então os pesquisadores descobriram que freqüências ultra baixas estavam sendo emitidas em Medford de uma base militar próxima.

Quando foram à base e questionaram ao comandante sobre o fato, ele respondeu que sabia a respeito daquilo, mas que eles não eram responsáveis, e sim os Russos que eram.
No entanto as ondas de freqüência cessaram no dia seguinte.
Os pesquisadores não apenas descobriram que a fonte vinha da base, mas também que se propagava pela cidade através das antenas de TV causando depressão nos moradores.
Concluíram suas pesquisas e retornaram para a Universidade com os dados.
Tempos depois foram visitados por agentes do governo informando que não poderiam divulgar a pesquisa por ser um “assunto de segurança nacional”.

Sutilmente deixaram claro que “acidentes” poderiam acontecer com qualquer um, caso o fato se tornasse publico.
Então o fato ficou conhecido apenas através de comentários espalhados pela população, e dessa forma não ocasionou maior impacto na mídia.

Ps: A mitologia dos Sumérios fala de Deuses que, viajando através do espaço em “embarcações de fogo”, desciam das estrelas e retornavam em seguida. Afirmam que um zumbido tomava conta das pessoas enquanto as “naves” permaneciam na Terra.

O que na realidade seria esse misterioso ruído?
Será algum fenômeno físico justificável, ou poderá ser algum som provocado por algo sobrenatural gerado por equipamentos alienígenas?
Será que algum dia descobriremos o seu mistério?

OBS: MATÉRIA COLETADA DO ÓTIMO SITE CHAMADO ALÉM DA IMAGINAÇÃO.

LINK DO SITE ALÉM DA IMAGINAÇÃO COM ESTA MATÉRIA:

http://www.alemdaimaginacao.com/Noticias/Taos_Hum.html


sexta-feira, 25 de março de 2011

LITERARURA: H.P. LOVECRAFT, UM DOS MAIORES ESCRITORES DE TERROR QUE JÁ EXISTIU.



Howard Philipps Lovecraft nasceu em 20 de Agosto de 1890, em Providence, Rhode Island, nos Estados Unidos.
Ficou famoso mundialmente por seus contos e romances de terror, principalmente voltados ao Cosmicismo, ou Horror Cósmico, termos que ele mesmo criou para seus trabalhos. Tratam-se muitas vezes de contos de terror com criaturas vindas do espaço há muitos anos atrás, e que já povoaram a terra algum dia, e que provavelmente povoarão de novo, como Dagon, O Assombro das Trevas e, claro, O Chamado de Cthulhu, sua obra mais famosa.
Também foi responsável pela criação do Necronomicon, o livro proibido dos mortos.

Era uma criança inteligente, e que gostava muito de ler. Já recitava poesia com dois anos, por exemplo. Infelizmente, nunca fora capaz de levar essa "prodigiosidade" adiante, vivia doente (Lovecraft tinha uma doença chamada poiquilotermia, uma doença que deixava a pele gelada ao toque, e dizem que provavelmente ele viva debilitado por causa da sífilis, herdada pelo pai), o que o impedia de ir a escola.
Foi criado pela mãe, um avô, e duas tias. O pai dele fora internado em um manicômio, após sofrer um colapso nervoso, quando Lovecraft tinha dois anos. O avô o ajudava na leitura constante, e foi ele quem o apresentou ao terror.
O avô veio a falecer anos mais tarde, a família acabou empobrecendo por causa disso, e todos esses fatos unidos pioraram o estado de saúde de Lovecraft, que acabara sofrendo um colapso nervoso, impedindo-o de conseguir se formar na escola e ir para uma universidade (Seu maior sonho era ser astrônomo), um fato que o perturbou até o fim da vida.

Dedicou-se então a escrever. Começou com poesias, partindo para a ficção de terror apenas anos depois, quando decidiu enviar uma carta ao The Argosy (Nome de um tipo de barco), reclamando da falta de interesse em histórias de romance de um dos melhores escritores da revista. O presidente da Associação da União da Imprensa Amadora (UAPA) gostou da ousadia de Lovecraft, e o convidou a fazer parte da Associação. Assim ele passou a contribuir com poemas e cartas.
Seu primeiro trabalho profissional foi publicado em 1919, Dagon, um conto curto, que mostrava o relato de um marinheiro que, após fugir do navio em que estava preso, encontrava uma misteriosa ilha. O conto foi publicado nas revistas W. Paul Cook's, The Vagrant (O Pedinte/O Viajante, tem várias traduções pra esse termo) e na Weird Tales (Contos Estranhos) a qual depois ele passou a publicar como ghostwriter ("Escritor fantasma", ele publicava contos, mas assinava com outros nomes).

H.P Lovecraft tornou-se jornalista amador após a morte de sua mãe, por causa de uma complicação cirúrgica, ela também sofria de colapsos nervosos e havia sido internada no mesmo lugar que o marido antes de morrer.
Ele deixou Providence para morar em Boston, onde conheceu Sonia Greene, sua futura esposa. Ela era sete anos mais nova que Lovecraft, e a família dele foi contra o casamento. Eles viviam com problemas financeiros, se mudavam constantemente, e não demorou muito para que eles se separassem alguns anos depois.
Nessa época, de problemas e conflitos, surgiram os contos mais famosos do autor, como o famoso O Chamado de Cthulhu e Horror em Red Hook, um conto que conotava sua irritação em morar em Nova York, e seu racismo contra imigrantes (Fato relevante em seus livros).


Lovecraft e a (ex)esposa

Lovecraft voltou a Providence, onde viveu até seus últimos dias de vida. Continuou a escrever e nesse meio tempo criou contos mais curtos, como O Caso de Charles Dexter Ward (The Case of Charles Dexter Ward), Morte Alada (Winged Death), e Debaixo da Pirâmides (Under the Pyramids - Também conhecido como Imprisionado com os Faraós (Imprisoned With the Pharaos).) escrito para o mágico Harry Houdini.
Ainda publicava seus contos na Weird Tales. Sempre influenciado por acontecimentos de sua vida, constantes pesadelos que tinha, e escritores como Edgar Allan Poe, seu estilo de terror é marcante, e confunde os leitores por sua semelhança com a realidade, é difícil ler sem pensar por um momento se de fato aquilo que ele escreveu aconteceu ou não.

Howard Phillips Lovecraft morreu em 15 de Março de 1937, de câncer no intestino. Foi enterrado no mausoléu da família, mas os fãs insistiram para que ele tivesse uma lápide no cemitério Swan Point, alguns deles juntaram dinheiro para isso. A lápide continua lá até hoje, com a frase "I am Providence" (Eu sou Providence), extraído de uma das cartas de Lovecraft.



Curiosamente, apenas após a morte é que Lovecraft tornou-se verdadeiramente famoso, graças a um grupo de amigos, correspondentes de suas cartas às revistas, que juntaram seus contos mais famosos e interessantes em um único livro.
Lovecraft Inspirou Stephen King, Neil Gaiman, Alan Moore e muitos outros. Tornou-se sinônimo de horror, e suas histórias fascinam as pessoas até hoje. Seu trabalho mais famoso, O Chamado de Cthulhu, e o Cthulhu Mythos (Uma reunião das criações alienígenas e antigas criadas pelo autor), tornou-se base para dezenas de trabalhos modernos, como filmes, outros livros e músicas. A forma como Lovecraft descreve os fatos em seus contos tornou-o intrigante e fascinante ao mesmo tempo.



Bibliografia:
Nota: Aqui está apenas a bibliografia dos contos e romances de Lovecraft.


1917 - The Tomb (A Tumba)
Dagon
A Reminiscent of Dr. Samuel Johnson (Um/Uma Reminescente do Dr. Samuel Johnson)
1918 - Polaris
1919 - Beyond the Wall of Sleep (Além da Parede do Sono)
Memory (Memória)
Old Bugs (Velhos Insetos)
The Transition of Juan Romero (A Transição de Juan Romero)
The White Ship (O Navio Branco)
The Doom that Came to Sarnath (A Desgraça que veio a Sarnath)
The Statement of Randolph Carter (A Indicação de Randolph Carter)
The Street (A Rua)
1920 - The Terrible Old Men (O Terrível Homem Velho)
The Cats of Ulthar (Os Gatos de Ulthar)
The Tree (A Árvore)
Celephäis
From Beyond (Do Além)
The Temple (O Templo)
Nyarlathotep
The Picture in the House (A Figura na Casa)
Facts Concerning the Late Arthur Jermyn and His Family (Fatos Preocupando o Velho Arthur Jermyn e Sua Família)
1921 - The Nameless City (A Cidade sem Nome)
The Quest of Iranon (A Procura de Iranon)
The Moon-Bog (O Pântano Lunar)
Ex Oblivione
The Other Gods (Os Outros Deuses)
The Outsider (O Estranho)
The Music of Erich Zann (A Música de Erich Zann)
Sweet Ermengarde (Doce Ermengarda)
1922 - Hypnos
What the Moon Brings (O que a Lua Traz Consigo)
Azathoth
Herbert West - Reanimator
The Hound (O Cão)
The Lurking Fear (O Medo que Espreita)
1923 - The Rats in the Walls (Os Ratos nas Paredes)
The Unnamable (O Inominável)
The Festival (O Festival)
1924 - The Shunned House (A Casa Rejeitada)
1925 - The Horror at Red Hook (O Horror em Red Hook)
He (Ele)
In the Vault (Na Abóboda)
1926 - Cool Air (Ar Frio)
The Call of Cthulhu (O Chamado de Cthulhu)
Pickman's Model (O Modelo de Pickman)
The Strange High House in the Mist (A Estranha Casa Alta na Névoa)
The Silver Key (A Chave de Prata)
1926 ~ 1927 - The Dream-Quest of Unknown Kadath (O Sonho-Busca do Kadath Desconhecido)
1927 - The Case of Charles Dexter Ward (O Caso de Charles Dexter Ward)
The Colour out of Space (A Cor fora do Espaço)
The Descendant (O Descendente)
The Very Old Folk (O Povo Muito Velho)
History of the Necronomicon (História do Necronomicon)
1928 - The Dunwich Horror (O Horror em Dunwich [N/T: Não achei tradução pra Dunwich])
Ibid
1930 - The Whisperer in Darkness (O Sussurro nas Trevas)
1931 - At the Mountains of Madness (Nas Montanhas da Loucura)
The Shadow over Innsmouth (A Sombra sobre Innsmouth)
1932 - The Dreams in the Witch House (Os Sonhos na Casa da Bruxa)
1933 - The Thing on the Doorstep (A Coisa na Entrada)
The Book (O Livro)
The Evil Clergyman (O Clérigo Mau)
1934 ~ 1935 - The Shadow Out of Time (A Sombra Fora do Tempo)
1935 - The Haunter of The Dark (O Assombro das Trevas)


OBS: MATÉRIA COLETADA DO INTERESSANTE SITE CHAMADO MEDO.
LINK DO SITE COM ESTA MATÉRIA: http://medob.blogspot.com/search/label/Biografias

quinta-feira, 17 de março de 2011

CURIOSIDADES: O PODER DEVASTADOR DOS MELHORES TANQUES DE GUERRA DO MUNDO. O SOMBRIO E EXTRAORDINÁRIO TANQUE OSÓRIO (BRASIL) E OS TANQUES ABRAMS (EUA).

VÍDEO 1 (TANQUE OSÓRIO EM AÇÃO):
video
UM TANQUE DE GUERRA BRASILEIRO PODEROSO, QUE DEIXOU DE SER FABRICADO ESTRANHAMENTE E CAIU NO ESQUECIMENTO, MAS, NÃO O MEU, NÃO O ESQUECEREI.


VÍDEO 2 (TANQUES ABRAMS EM AÇÃO NO IRAQUE):
video

OBS: ESTES VÍDEOS SÃO DO YOUTUBE.


ESTA É A MINHA OPINIÃO OK GENTE.

segunda-feira, 14 de março de 2011

CURIOSIDADES: ELEVADOR ESPACIAL, VOCÊ JÁ OUVIU FALAR NISTO?

Um elevador espacial é uma estrutura teórica destinada a transportar carga da superfície de um planeta para o espaço. Muitos tipos diferentes de elevadores espaciais já foram propostos, todos eles com o mesmo objetivo de substituir a propulsão de foguetes pelo uso de uma via fixa para transporte, não muito diferente de um elevador, para colocar cargas em órbita ou mesmo para lançar a mesma para o espaço. Os elevadores espaciais às vezes são chamados de beanstalks ("pé-de-feijão", numa referência à história João e o pé-de-feijão), pontes espaciais, flutuadores espaciais, escadas espaciais, ganchos espaciais e torres orbitais.

A proposta mais comum trata de um cabo, ou fita, que vai da superfície do planeta até além da órbita geossíncrona. O cabo seria mantido em posição pela força centrífuga resultante da rotação do planeta. A carga seria então colocada em órbita por veículos que subiriam e desceriam pelo cabo, sem precisar de motores de foguete para tal. Este tipo de estrutura permitiria que grandes quantidades de carga e pessoal fossem colocados em órbita a uma fração do custo de colocar uma carga em órbita usando métodos tradicionais.

MATÉRIA DA WIKIPÉDIA.

SE VOCÊ SE INTERESSOU POR ESTE ASSUNTO, LEIA MAIS SOBRE ISTO NO LINK: http://pt.wikipedia.org/wiki/Elevador_espacial

sexta-feira, 11 de março de 2011

NATUREZA EM FÚRIA: IMAGENS IMPRESSIONANTES DO RECENTE TSUNAMI NO JAPÃO.

video

Um forte terremoto de magnitude 8,9 atingiu nesta sexta-feira (11) a costa nordeste do Japão, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS), gerando um tsunami (onda gigante com potencial destrutivo) de até dez metros de altura que varreu a costa do país, matando pelo menos 288 pessoas e causando destruição.
O tremor foi o 7º pior na história, segundo a agência americana, e também o pior já registrado na história do Japão.
O abalo provocou um tsunami que alcançou áreas da cidade japonesa de Sendai, na ilha de Honshu, a principal do arquipélago japonês.
Carros e barcos foram arrastados, e as imagens da destruição, feitas de helicópteros, são impressionantes. Um vídeo da TV local mostrou a onda gigante arrastando carros em sua chegada à costa.

Em muitos lugares, o mar ultrapassou os diques de proteção e avançou vários quilômetros por terra, recordando cenas da tsunami que ocorreu no Oceano Índico, em 2004.

Alerta no Pacífico

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, agência americana, emitiu um alerta para vários países na costa do Oceano Atlântico, avisando da possibilidade da chegada de ondas de até dez metros, mas até agora não houve relato de destruição fora do Japão.

Vários governos emitiram alertas, e alguns ordenaram a retirada de moradores de áreas costeiras.

Ondas "pequenas" já atingiram as Filipinas, horas depois do terremoto, informou o sismólogo chefe do país.

A Indonésia também informou que não houve danos na chegada das ondas a seu território, e o governo levantou o alerta. A ilha de Guam, território americano do Pacífico, também levantou o alerta.

As ondas alcançaram 1,5 metro nas ilhas Midway, segundo o centro. A estação de monitoração disse que era impossível prever a altura das ondas que já chegaram ao Havaí, mas sem causar estragos.

Pelo menos 288 mortes no Japão
A Polícia Nacional afirmou que 288 pessoas morreram, 349 estão desaparecidas e centenas estão feridas. A polícia da província de Miyagi informou que entre 200 e 300 corpos de vítimas do tsunami foram encontrados na região costeira da cidade de Sendai. As autoridades acreditam que são corpos de residentes que morreram afogados pela onda de dez metros de altura que atingiu o litoral.

Ainda não havia informações sobre vítimas brasileiras, segundo o embaixador do Brasil no país. Moram na região próxima ao epicentro pelo menos 17 mil brasileiros, segundo a embaixada, que colocou à disposição telefones para informações.

O tremor teve epicentro no Oceano Pacífico a 130 km da península de Ojika, no Japão, a uma profundidade de 24 km, considerada pequena para terremotos.

Ele ocorreu às 14h46 (hora local, 2h46 de Brasília) e foi seguido por pelo menos outros 70 fortes tremores de magnitude superior a 5, segundo o USGS. O governo japonês emitiu um alerta sobre o risco de fortes réplicas.

O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, qualificou como "grandes" os danos causados pelo abalo. Kan pediu "calma" à população. Ele estava no Parlamento na hora do tremor.

Cerca de 4,4 milhões de imóveis ficaram sem energia no norte do Japão, segundo a imprensa, e foram registrados incêndios em pelo menos 80 lugares, segundo a agência Kyodo.

O terremoto sacudiu com força os edifícios de Tóquio. Alarmes foram disparados nos prédios, houve correria, e as linhas telefônicas ficaram bloqueadas.

O Shinkansen, o trem-bala da capital japonesa, e os dois principais aeroportos ficaram temporariamente fechados.

mapa terremoto japao atualizada (Foto: Arte G1)

As autoridades japonesas pediram aos moradores da capital que fiquem no centro da cidade e que não tentem chegar a suas casas se vivem nos arredores. O transporte coletivo entrou em colapso na capital.

A parede de água entrou quilômetros adentro pela costa da ilha de Honshu, arrastando casas e transformando os portos em cenários de desoladora devastação.

Nas áreas rurais próximas, a onda varreu as frágeis casas de madeira como se fossem de papel, e em questão de minutos devorou centenas de hectares de plantações.


Carros em estrada danificada pelo tremor na cidade de Yabuki nesta sexta-feira (11) (Foto: AFP)
Carros em estrada danificada pelo tremor na
cidade de Yabuki nesta sexta-feira (11) (Foto: AFP)

Em Aomori, no extremo norte da ilha, pelo menos cinco embarcações grandes, algumas emborcadas de cabeça para baixo, foram levadas pelas águas.

Algumas foram paradas por árvores, outras, por conjuntos de lojas ou barreiras marítimas.

Em Ibaraki, era possível ver do alto grandes casas flutuando pela enchente, cercadas por dezenas de carros.

Um navio com 100 pessoas a bordo foi virado pelo tsunami na costa, segundo a agência Kyodo. Ainda não se sabia o destino dos passageiros

As autoridades japonesas disseram que um trem de passageiros desapareceu depois da passagem do tsunami, informou também a Kyodo.

O trem da East Japan Railway Co. se encontrava perto da estação de Nobiru, no percurso que liga Sendai a Ishinomaki, quando ocorreu o violento terremoto.

O Ministério da Defesa do Japão se prepara para enviar 300 aviões e 40 navios para participar das operações de socorro na região, segundo a Kyodo.

Chile
Em 27 de fevereiro do ano passado, um tremor de magnitude 8,8 atingiu o Chile e deixou mais de 800 mortos. O terremoto no Chile, considerado então o quinto maior da história, ocorreu durante a madrugada e também causou tsunamis. O epicentro foi a 35 km de profundidade.


Imagem divulgada pelas autoridades meteorológicas dos EUA mostra a previsão de como o tsunami vai viajar pelo Oceano Pacífico nesta sexta-feira (11). O tremor ocorreu às 14h46 locais, 2h46 de Brasília deste sexta-feira (11).  (Foto: AFP PHOTO/NOAA/HO)

Imagem divulgada pelas autoridades meteorológicas dos EUA mostra a previsão de como o tsunami vai viajar pelo Oceano Pacífico nesta sexta-feira (11). O tremor ocorreu às 14h46 locais, 2h46 de Brasília. (Foto: AFP PHOTO/NOAA/HO)

VÍDEO DO YOUTUBE NO LINK: http://www.youtube.com/watch?v=NNc40cF5JcAFONTE DE INFORMAÇÃO COLETADA DO PORTAL G1, NO LINK: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/03/terremoto-atinge-costa-do-japao-gera-tsunami-e-mata-ao-menos-200.html